quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Pessoas que não se mancam.

Há sempre malta a querer ser muito especial na vida uns dos outros. Custa-lhes aceitar o facto de que não o são. E torna-se ridiculo a forma como dão nas vistas (ou tentam vah), parecem aquelas crianças que levantam as mãos na escola e gritam repetidamente "Pick me! Pick me! Pick Me!"

Ora se na altura já era deveras irritante, porque é que agora não o seria?

Portantos pah é isto.