quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Os 26 e o meu pai

Era fim do dia, e eu caminhava em direcção a casa.
Esperava-me um jantar com eles todos, e uma noite de amigos lá em casa.

O meu pai liga e diz:
- Olha lá, há bebidas cá em casa para logo?
- Não sei pai, mas vou comprar Beirão. Já temos uma grade de minis, para hoje deve chegar.
- Deixa tar filha, eu vou buscar.

E está ele pronto a desligar quando eu me lembro.

- Oh Pai, eu faço anos! Podias dar-me os Parabéns!!!!!!!!
- Já dou, quando te vir!

Portanto, prioridade, bebidas em casa, o resto temos tempo!
E é verdade, temos tempo, temos sempre tempo para quem gostamos. E ele estava lá à minha espera, com um abraço pronto para me receber com um beijinho de Parabéns e 3 garrafas de Licor Beirão, "Não fosses tu ter muita sede!", disse ele!!!!

O meu pai, é a pessoa que mais amo e admiro no mundo.
O meu pai é o que quero ser quando for grande.

2 comentários:

fritz disse...

Pelo que conheci já és um pouco :) Agora só te falta arranjares um bicla como deve ser e ser atropelada por um ucraniano...lol :) (bati 3 vezes na Madeira) sábado lá vou estar eu para festejar essas 26 primaveras.. :)

Bruno disse...

Que pena não poder beber :(