sexta-feira, 6 de março de 2009

Memórias...

Estou a lembrar-me do dia que ela saiu de casa.
Ela andava descalça pela casa a irradiar felicidade!
Cantava!
E pousava os pés no chão de forma suave, como se naquele dia soubesse voar!
Ela flutuava pela casa.

Eu (como sempre) estava com mau humor matinal.
E tinha um misto de felicidade e tristeza.
Mas doía mais do que pensei que fosse doer.

Ela andava pela casa a cantar!
Feliz!
Era o dia do seu casamento.
E eu mandava-a calar!

Como poderia ela estar tão feliz se a mim me doía tanto?

Hoje quando entro em casa deles percebo o porquê...
É que cada vez que lá entro, cheira mesmo a felicidade!
Mas mesmo mesmo!

6 comentários:

Eu disse...

tu gostas de me pôr a chorar!!!!

Carla Isabel disse...

Que coisa mais linda...
Como eu gostava que o relacionamento com a minha irmã fosse assim!!!!

Vocês são lindas as duas!

Parabéns!

Šaяa disse...

Olha olha o bloguinho da Paty :)
Não conhecia...

... vocês as duas sempre lamechas :)
Beijinho grande...

Sara

Cris disse...

a menina rebelde também sabe mostrar o seu lado mais frágil. Vocês tem uma relação maravilhosa, de fazer "inveja" a quaisquer irmãs. Parabéns por serem assim. Beijocas.

Gi disse...

oi ;)
mais uma que te descobriu ;)
jocas ;)

Sandra disse...

Ainda bem que é assim.
É bom ter saudades de quem se gosta ainda por cima quando facilmente podem estar juntas, e é bom ver que ela saiu de casa para estar com alguém que a faz muito feliz.

Bjs

Sandra