sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Para que não me voltem a perguntar "Porquê "Sem Tracinho"?"

"Não percebo porque é que o amo-te se escreve desta forma: amo-te, quando deveria ser desta: amote. O amo-te não deveria ter hífen ou tracinho como se costuma dizer. O amote que eu falo, este, não deveria ter espaço para que nenhuma letra respirasse, para que ficassem ali as letras apertadinhas de forma a não caber mais nenhuma porque a verdade é que quando se ama alguém não cabe mais ninguém ali, porque não há espaço, porque as letras estão literalmente sufocadas por essa palavra que se deveria escrever apenas e só assim: Amote."

Porque um dia tive o prazer de ler este texto e de o partilhar...
Porque é opartilhar que torna os momentos importantes...
Amovos Sem Tracinho :)

8 comentários:

xuxu disse...

Porquê Sem Tracinho?

Anónimo disse...

Também já tinha lido este texto :D

PM

Pat Views disse...

Claro que tinhas!
Eu mandei-vos, para se lembrarem do que é importante:)

PV

Anónimo disse...

Obrigado :)

PM

Anónimo disse...

Umdiapegueinessetextoeadapteioparaoenviaraalguemquemedisse"Aavaliarporestaminhamensagemconseguirasimaginaroquantogostodeti?"naoeraverdademaspegoeuagoranaspalavrasdeleefaçoasminhasparatibeijoenormeamote

Marta Silvestre (em medos de anonimato)

fritz disse...

:) que fixe! tudo isso é tão verdade :)

>> nim disse...

e será que o alvim sabe que te serviu de inspiração? :)

Pat Views disse...

Ah pois deu!
:)
Nisto e noutras coisas ;)